Banner

Anais do III ENNEABI

 

Anais eletrônicos

Prefixo Editorial: 
Número ISSN: 
Título: Anais do III Encontro Nacional dos Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica
Tipo de Suporte: Internet

Organização dos Anais
Aline dos Santos Portilho

Assistente
Jacqueline Alves Firmiano

 

ÍNDICE

AGUIAR, Felipe Costa; DUQUE, Ives; MOTA, Edimilson Antônio.
A transição capilar e o câmbio das identidades

Resumo: A presente pesquisa busca entender a relação entre o momento de transição capilar e a mudança das identidades raciais. A metodologia de pesquisa aplicada foi a análise dos relatos feitos no blog #Todecacho à luz de Ponty (1999), Hall (2009), Woodward (2009), Silva (2009), Guimarães (2014) e Gonçalves (2015). Concluímos que os sujeitos conhecem o espaço primeiramente pelo corpo. Entendemos também que as identidades raciais se projetam no próprio corpo.

Palavras-chave: Identidade racial; Corpo; Cabelo.

 

ALCÂNTARA, Ludimila Batista; MOTA, Edimilson Antônio; NOGUEIRA, Sandra Márcia Cruz Gomes; PEREIRA, Ives da Silva Duque.
Das vozes ocultas ás vozes enunciativas: denúncias de uma favelada

Resumo: O presente trabalho se propõe estudar as questões de identidade e diferença do negro, a partir das narrativas pós-coloniais. A cerne desta proposta se desdobra na análise da obra literária “O quarto de despejo” de Carolina Maria de Jesus(2014). Essa perspectiva visa romper com as ideologias do mundo eurocêntrico, e nesse sentido valorizar as diversas trajetórias que coexistem no espaço. Baseado na Lei 10.639/03 que torna obrigatório o ensino da cultura afro-brasileira, nas escolas, e tem como objetivo combater o racismo, busca-se desconstruir o discurso que enaltece determinados grupos, em detrimento de outros. Esta leitura possui um diálogo com as teorias raciais argumentadas por Viana (1923), o qual discuti o reconhecimento do negro na sociedade colonial. É importante destacar que: "O quarto de despejo" é o objeto de pesquisa e a ferramenta metodológica utilizada. É uma pesquisa de cunho qualitativo que ainda se encontra em andamento e por isso as análises são parciais.

Palavras chave: Identidade; Lei 10.639/03; Periferia.

 

AMARAL, Shirlena Campos de Souza; NASCIMENTO; Rafaela Nogueira do.
As iniciativas institucionais de permanência providas para os jovens cotistas da UENF após a adesão ao ENEM/SISU

Resumo: O sistema de cotas das universidades estaduais do Rio de Janeiro apresenta-se como fundamental instrumento minimizador das desigualdades sociais e étnico-raciais. Malgrado os esforços governamentais para viabilizar o acesso à educação terciária, persistem as dificuldades de permanência. Portanto, espera-se contribuir no debate sobre a eficácia do sistema de cotas na UENF, considerando a importância do compromisso da universidade com a questão da inclusão social.

Palavras-chave: Política de Cotas, Universidade, Estratégias de Permanência.

 

AZEVEDO, Felipe Vigneron; MACHADO, Rosângela N.G; RAMOS, Luana Moreira.
De camburão para camburão: os espelhos da violência; perspectivas dialógicas entre o conto Esquece, de Marcelino Freire, e a música do grupo O Rappa

Resumo: A violência abordada na produção ficcional, um tema frequente na Literatura Contemporânea, aparece também nas letras de Rap, dando voz a quem vive a tragicidade cotidiana. Neste artigo, analisa-se o espelhamento da violência no conto Esquece, do livro Contos Negreiros, de Marcelino Freire, a partir das relações de intertextualidades com a letra da música Todo Camburão Tem um Pouco de Navio Negreiro, do grupo O Rappa, explicitando os recursos estruturais e linguísticos da narrativa que estabelecem contato entre as duas áreas distintas de manifestação artística: musical e literária, e que as tornam, ao mesmo tempo, análogas em denunciar a condição de marginalidade do negro. Em suma, buscou-se analisar, por meio do texto literário, o trânsito discursivo entre as duas artes, verificando a recorrência do eixo temático sobre o cotidiano de uma “minoria”, da proposta de dar visibilidade aos sujeitos excluídos e dos efeitos da desigualdade social como mote de ambas as construções. Assim como na música referida, os sentidos da narrativa despertam questionamentos sobre a alternância de posição dos grupos que materializam a prática da violência que ora é atribuída à classe dominante, que mantém o poder aquisitivo capaz de sustentá-la como defesa circunstancial, ora é atribuída à classe desfavorecida que reclama o seu direito aos bens culturais e materiais que lhes são negados. Por considerar a Literatura como uma manifestação humana que retrata o comportamento da sociedade, por meio da linguagem interpretativa da realidade, o presente trabalho tem como objetivo esmiuçar os valores simbólicos do conto freiriano para apontar possíveis perspectivas de leituras do texto ficcional que reforcem essa capacidade de desdobramento e expressão crítica da escrita na Literatura Contemporânea. Entende-se que, o conceito de violência explanado nas produções artísticas analisadas, não se detém unicamente às questões etnico-raciais, mas propõe ser repensado em razão de outros fatores históricos, culturais e socioeconômicos.

Palavras chave: Literatura, Intertextualidade, Violência

 

CHRYSÓSTOMOS, Carla Sarlo Carneiro.
O processo educacional brasileiro do negro nos discursos escolares

Resumo: Este trabalho apresenta as dificuldades do negro nos discursos escolares durante o processo educacional através de pesquisas bibliográficas; tendo como objetivo rever as práticas e vivências escolares que perpetuam na história traçada por uma cultura dominante e eurocêntrica, inflexível e pouco permeável. As dificuldades encontradas pelos negros no processo de aquisição de conhecimento ocorrem em decorrência do silenciamento do mesmo como sujeito social e protagonista de uma história plural.

Palavras chave: Educação, Discursos, Multiculturalismo.

 

CORRÊA, Jackeline Barcelos; QUINTINO, Amaro Sebastião de Souza.
A Tecnologia Assistiva na formação do aluno com necessidades especiais

Resumo: Ao longo dos anos, houve uma evolução nas discussões sobre as desigualdades sociais e raciais existentes no Brasil, onde um dos principais personagens, representado pelos Movimentos Negros, foi o instrumento mais utilizado para fazer pressão junto ao Estado para que fossem oferecidas à população negra propostas de políticas públicas com o intuito de diminuir essas desigualdades. Bem como as políticas públicas voltadas para pessoas com necessidades especiais. Neste trabalho destacamos as ações afirmativas que garantem o direito ao acesso de todos na universidade. O presente trabalho apresenta questionamentos e reflexões sobre a temática da educação especial com foco a TA (Tecnologia Assistiva), destacando a formação do pedagogo com necessidades especiais e a importância do incentivo do professor motivador. O objetivo geral atribuir maior importância de analisar as estratégias pedagógicas na formação do aluno especial. Neste trabalho destacamos as ações afirmativas que garantem o direito ao acesso de todos na universidade. O que suscitou o nosso interesse também em escolher como objeto de estudo a Tecnologia Assistida foi a nossa experiência como professores de apoio ao Ensino na formação do pedagogo com necessidades especiais, cujo objetivo é apresentar o trabalho comprometido que é realizado foi à experiência vivida no ano de 2016. Sendo assim, o estudo de caso trata-se dos direitos de inclusão de um aluno cego e negro em formação em uma das universidades públicas de nosso país, garantindo sua permanência em uma ação conjunta. Como Metodologia, vamos tecer algumas considerações sobre os conceitos de igualdade na doutrina jurídica e sua aproximação com a dignidade da pessoa humana, utilizando para tanto a pesquisa bibliográfica e artigos científicos sobre o tema a partir dos estudos com um aluno da Licenciatura em Pedagogia da UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense). Sendo assim, verifica-se que o incentivo da turma é importante para a promoção da acessibilidade e para o uso das novas tecnologias. O professor e a turma podem incentivar e motivar seus alunos oferecendo-lhes formação pedagógica especializada e inclusiva de sucesso. Como podemos observar são inúmeras as funções e habilidades que devem ser desempenhadas, com maestria pelo gestor educacional. Destacamos no texto a motivação como elemento essencial, esta habilidade é condição relevante, para a formação continuada de toda equipe pedagógica em especial a dos professores, esta formação continuada dever ser discutida e incentivada pelo gestor, partindo das necessidades e interesses individuais. Logo, a universidade está buscando cumprir o seu papel integrador para garantir uma formação de qualidade para todos.

Palavras-chave: Inclusão, Ações Afirmativas, Tecnologia Assistiva.

 

CORRÊA, Jackeline Barcelos; QUINTINO, Amaro Sebastião de Souza.
As ações afirmativas e a motivação como elemento essencial para o aluno com necessidades especiais em formação pedagógica no Ensino Superior

Resumo: O presente trabalho apresenta questionamentos e reflexões sobre a temática da Educação Especial no Ensino Superior, destacando a formação do pedagogo com necessidades especiais e a importância do incentivo do professor motivador. O objetivo geral atribuir maior importância de analisar o apoio oferecido ao no percurso da sua formação. A pesquisa se enquadra em um estudo de caso, trata-se de uma pesquisa exploratória. Como Metodologia, vamos tecer algumas considerações sobre os conceitos de igualdade na doutrina jurídica e sua aproximação com a dignidade da pessoa humana, utilizando para tanto a pesquisa bibliográfica e artigos científicos sobre o tema a partir dos estudos com um aluno da Licenciatura em Pedagogia da UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense). Sendo assim, verifica-se que o incentivo da turma é importante para a promoção da acessibilidade e para o uso das novas tecnologias. O professor e a turma podem incentivar e motivar seus alunos oferecendo-lhes formação pedagógica especializada e inclusiva de sucesso. Destacamos no texto a motivação como elemento essencial, esta habilidade é condição relevante, para a formação de toda equipe pedagógica em especial a dos professores, esta formação continuada dever ser discutida e incentivada ao longo de sua graduação, partindo das necessidades e interesses individuais. Logo, consideramos que a universidade está buscando cumprir o seu papel integrador para garantir uma formação de qualidade para todos.

Palavras-chave: Inclusão, Ações afirmativas, Incentivo, Formação do pedagogo.

 

CRUZ, Igor Soares; MOTTA, Edimilson; VERLING, Yago de Souza.
RAÇA e CULTURA: O Protagonismo do Negro na Formação Histórica-Social-Geográfica no Brasil.

Resumo: O negro durante toda sua história se encontrou fora do padrão europeu, o que inviabilizou de diversas maneiras sua cultura, história e estética. O objetivo des-te trabalho é abordar questões da raça e cultura da evolução da sociedade brasileira e seus agentes de formação. Foi feito o levantamento bibliográfico de autores tais como Oliveira Vianna, que aborda a formação do Brasil pelo conceito de raça - aria- nização; e, Gilberto Freyre, que aborda a formação do Brasil pelo conceito de cultu-ra.

Palavras-chave: Multiculturalismo, Miscigenação e Formação Espacial.

 

FERREIRA, Yuri Pinto.
Etnicidade e Moralidade em Conceição do Imbé

Resumo: O presente artigo objetiva lançar luz sobre as problemáticas que permeiam a temática

relacionada às populações de remanescentes de quilombos. Nesse caso alinhavo modelos conceituais da antropologia, que versam tanto sobre a dimensão da etnicidade como da moralidade, que por sua vez emergem no processo de reconhecimento das minorias étnicas, aos dados obtidos através de incursão etnográfica realizada em Conceição do Imbé, que, por fim, me levaram a produzir novos questionamentos.

Palavras-chave: etnicidade, moralidade, quilombos.

 

MELO, Bárbara Ferreira; SILVA, Alissan Maria da.
SER NEGRA NOS ENCONTROS COM A IDENTIDADE, VIDA, ARTE E DOCÊNCIA

RESUMO: A elaboração deste estudo baseia-se no acesso às memórias de infância como criança de terreiro provocadas por experiências formativas com o Coletivo Artístico Saravá. Na articulação dessas memórias ao processo formativo, a partir da conexão entre Performance e relações étnico-raciais, a licencianda em Teatro se percebe no processo de re-construção da própria identidade e da compreensão de princípios e valores de uma cultura tradicional afro-brasileira silenciada, sobretudo em sua trajetória escolar.

Palavras-chave: Performance, identidade, Docente artista

 

MOTA, Edimilson Antônio; PEREIRA, Ives da Silva Duque; SOUZA, Laís Alves de; ALCANTARA, Ludimila Batista; NOGUEIRA, Sandra Márcia da Cruz Gomes.
A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE E O LUGAR DO NEGRO, SEGUNDO A VISÃO EUROPEIA DE MUNDO

Resumo: O conceito de identidade é indissociável da diferença. Neste sentido, a perspectiva de mundo europeu forjou o estereotipo do negro, caracterizando-o como marginalizado e periférico. No Brasil, ainda é possível evidenciar os reflexos desta concepção. O presente trabalho tem por objetivo, estudar o conceito de raça e cultura e estabelecer relações com as realidades das instituições de ensino brasileiro. A lei 10.639/03 tornou obrigatório no Brasil, o ensino, a valorização e o reconhecimento da cultura afro descendente. O cerne desta pesquisa visa romper com as narrativas europeias, e neste sentido desempenhar atividades que buscam valorizar as narrativas do “outro.” Esta é uma pesquisa de cunho qualitativo, cuja seu referencial teórico, são as obras Silva (2005) e Schwarcz (1995), onde ambas dialogam com as teorias raciais. É importante destacar que o presente trabalho se encontra em processo de produção, portanto, espera-se com os resultados a valorização das diferenças no âmbito escolar e, sobretudo combate ao racismo.

Palavras chaves: Identidade; Cultura; Lei 10.639/03.

 

MOTA, Edimilson Antônio; NOGUEIRA, Sandra Márcia da Cruz Gomes; SOUZA, Allana Ferreira Faustino da.
A geografia cultural brasileira a partir de Memórias Póstumas de Brás Cubas

Resumo: O presente trabalho objetivou-se em analisar e discutir as questões sociais, multiculturais, raciais e espaciais a partir de uma literatura brasileira clássica, o livro Memórias Póstumas Brás Cubas, publicado em 1881, escrito pelo autor Machado de Assis. Dessa forma, possibilita uma leitura da cidade do Rio de Janeiro do século XIX, acrescentado ao valor de estudar as artes no âmbito científico da Geografia. A arte literária foi transformada em objeto de estudo para a pesquisa geográfica, uma vez que, em Memórias Póstumas encontra-se presente uma rica descrição realista do meio urbano e dos lugares narrados.

Palavras-chave: Geografia, Literatura, Multiculturalismo.

 

MOTA, Edimilson Antônio; NERYS, Victor Hugo da Silva.
O litígio Judicial do Pardo Camillo: Uma exposição da luta pela liberdade

Resumo: O trabalho é uma exposição de um litígio judicial entre o escravo Camillo e seus senhores, esse litigio foi encontrado no Arquivo Público Municipal de Campos dos Goytacazes, o caso do Pardo Camillo evidencia a luta do negro pelo uso fruto de sua liberdade. A relação judicial de Camillo e seus senhores evidencia as desigualdades sociais que o negro sofre, produzindo uma segregação racial e econômica entre brancos e negros.

Palavras-chave: Litigio, Liberdade, Reconhecimento

 

MOTA, Edimilson Antônio; PEREIRA, Ives da Silva Duque.
A busca por uma identidade multicultural nas escolas na luta contra o racismo por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID)

Resumo: O presente trabalho relata a experiência da perspectiva do professor supervisor dentro do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) na formação inicial de licenciandos em Geografia na Universidade Federal Fluminense (UFF), tendo como lócus de ação pedagógica o Colégio Estadual Dr. Thiers Cardoso. Há, no âmbito do PIBID de Geografia em Campos dos Goytacazes, uma preocupação em relação a construção identitária do negro no contexto do século XXI no que diz respeito a luta por direitos e reconhecimento de si enquanto sujeito formador de uma sociedade heterogênea e multicultural. A ação/reflexão educativa no contexto escolar esteve voltada para reconhecimento de uma identidade étnico racial que permitisse o descortiçamento dos conflitos raciais vivenciados e uma valorização do negro, a partir de si, como sujeito detentor de direitos emancipatórios em uma sociedade excludente. Lutar contra o racismo é reconectar a escola com a sociedade em um contexto multicultural. É formar um sujeito plural que seja capaz de lidar com a fragmentação típica da sociedade contemporânea. Lutar contra o preconceito é descortinar as relações que se estabeleceram no passado, conduzir a uma reflexão no espaço e tempo presente e vislumbrar as muitas possibilidades do sujeito diante desta complexa relação. E isso foi feito na forma de uma série de atividades em que o diálogo sobre o tema esteve presente todo o tempo e como forma de expressão os alunos puderam construir mensagens em diversos formatos como textos, quadrinhos e imagens.

Palavras-chave: identidade, raça, PIBID

 

QUINTINO, Amaro Sebastião de Souza; CORRÊA, Jackeline Barcelos.
A diversidade religiosa: debatendo temas transversais em sala de aula

O presente trabalho busca abordar a importância do ensino de temas transversais como ferramenta de promoção de valorização da humanidade, e desconstrução de valores intrínsecos gerados por uma série de preconceitos e estigmas, entre outras situações peculiares. Ressaltamos aqui a significação da reflexão sobre a importância do conhecimento das diferentes religiões professadas no mundo globalizado em que vivemos, uma vez que o ambiente escolar é o espaço privilegiado para promover o reconhecimento e a valorização da trajetória dos diferentes grupos sociais. Consideramos que os saberes abordados por estes temas precisam ser pesquisados, refletidos e contextualizados historicamente e socialmentemente, ou seja, de modo interdisciplinar. A partir dessa perspectiva, destacamos que um dos grandes desafios para a educação é promover o respeito pelo outro como legítimo outro, sem o intento de homogeneizar as culturas, mas sim de celebrar a diversidade cultural. O objetivo desta pesquisa é mostrar como a reflexão é importante para a valorização social, cultural e étnica, dizimando os principais entraves e conceitos previamente formados. Os objetivos específicos engloba a percepção cultural nas relações com outras formas do saber; interligar o saber veiculado na educação pelas diferentes disciplinas curriculares e colaborar para a aquisição das diferentes formas de conhecimento do universo cultural, tendo como estratégia educativa a dialogicidade de forma que o aluno é capaz de interiorizar e aprender. Como metodologia adotou-se uma abordagem de natureza qualitativa e quantitativa, com base na atuação na função de Orientador Educacional, apoiada nos pré-requisitos dos temas transversais propostos a serem trabalhados e a disciplina de Ensino Religioso, que atualmente não é mais obrigatório, e apoiamos a pesquisa com o abordado por DURKHEIM (1996) e HEERDT, (2003). Mas, por outro lado, buscamos fazer observações sobre bibliografias, refletindo sobre como estão sendo feita a abordagem sobre o ensino religioso. E como a problematização, abordaremos como os temas estão sendo interpelados, buscando compreender como os currículos escolares incorporam ou não esse conteúdo no cotidiano escolar. Sendo assim, como resultado do presente trabalho, foi possível observar que os alunos refletem e indagam sobre os temas e conteúdos, suas aplicações e dinamicidade. Isso se dá devido a uma série de saberes deturpado, mediante um arcabouço cultural que não são valorizados. Esta pesquisa fortalece cada vez mais o processo de ensino aprendizagem por meio das reflexões que estimulam de forma dinâmica e interativa, a valorização cultural minimizando as diferentes formas de preconceito influenciando na formação de conceitos.

Palavras–chave: Diversidade Religiosa, sala de aula, temas transversais.

 

QUINTINO, Amaro Sebastião de Souza; CORRÊA, Jackeline Barcelos.
A inserção dos jovens no mercado de trabalho e suas perspectivas iniciais com o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) em São João da Barra

Resumo: Atualmente, os jovens aprendizes encontram muitas dificuldades de conseguir o primeiro emprego. Essas dificuldades, geralmente, estão relacionadas com a falta de experiência dos mesmos, pois muitos jovens, não vêm para as empresas com uma experiência prévia, gerando medo e desconfiança dos empregadores. As empresas buscam pessoas com experiência, mas como os jovens irão disputar uma vaga de emprego se nunca dão uma chance para mostrarem suas capacidades para que sejam inseridos no mercado de trabalho? Os jovens aprendizes de São João da Barra estão cada dia mais esperançosos em se inserirem neste mercado promissor, em busca de sua primeira experiência profissional. O município vem se destacando por seus aspectos por seu crescimento industrial devido à implantação do Porto do Açu e outras empresas e por ter em sua sociedade a grande empresa Thomás Aquino Filho que alavanca grande partem da sociedade. O objetivo desta pesquisa é mostrar as expectativas dos jovens em relação ao trabalho, e seus principais entraves ao iniciar ao mesmo a partir de conceitos previamente formados. Os objetivos específicos são refletir sobre a importância de concepções críticas sobre o mercado de trabalho e investigar os conhecimentos dos alunos, a partir de saberes prévios, a partir da vivência e convivência de forma analisar elementos da linguagem escrita, utilizando características impregnadas que refletem na interação dos envolvidos e a dialogicidade. Como metodologia adotou-se uma abordagem de natureza qualitativa e quantitativa, com atuação de prática docente, apoiada nos pré-requisitos do CIEE, e pesquisa-ação com abordado com a aplicação de um questionário fechado e aberto, buscando atender aos enfrentamentos elencados nos objetivos específicos desta pesquisa. Sendo assim, com resultado do presente trabalho, foi possível observar que os alunos desconhecem os entraves do mercado, suas aplicações e dinamicidade, mas criam grandes expectativas do mesmo. Isso se dá devido à massificação de saberes, isto se reflete no arcabouço cultural que temos, e muitas vezes não são valorizados. Esta pesquisa fortalece cada vez mais o processo de ensino/aprendizagem por meio das reflexões que estimulam de forma dinâmica e interativa, a valorização do trabalho e suas vertentes, além de despertar o uso da linguagem formal e a forma coloquial cotidiana.

Palavras–chave: Jovens, Mercado de trabalho, CIEE e São João da Barra.

 

SOARES, Jônatas Peres; FIGUEIREDO, Paula Silvianna Muniz.
A formação da identidade local pela história, memória e cultura indígena

Resumo: Nas últimas décadas foram intensificadas as discussões sobre a educação indígena na realidade das escolas regulares. A partir da LDBEN 9394/96 passou-se a valorizar a importância do trabalho com a história indígena no currículo escolar. Este trabalho é fruto de um projeto de pesquisa, em andamento, que busca analisar o desenvolvimento do trabalho de reconhecimento da história e identidade local, através da cultura indígena, em uma escola privada do município de Campos dos Goytacazes.

Palavras-chave: Cultura, Identidade, Memória.

 

SOARES, Jônatas Peres.
A escola enquanto espaço educacional de discussão e promoção da cultura africana numa perspectiva multiculturalista: o despreparo dos professores nessa abordagem na formação de futuros cidadãos

Resumo: A maioria da população talvez não saiba, mas cada escola seguirá determinada meta, traçando objetivos para persegui-la. Estes, por óbvio, deverão ser de cunho acadêmico. Entretanto, o que será ensinado na escola terá um impacto positivo ou negativo na vida dos alunos, a exemplo do currículo oculto (OLIVEIRA, 2008. Nessa perspectiva será abordada a temática da cultura africana num plano multiculturalista, retratando a dinâmica escolar brasileira no enfrentamento dessa questão no âmbito escolar.

Palavras-chave: Educação, Cultura Africana, Multiculturalismo.

 

SOARES, Jônatas Peres.
Ações afirmativas e princípio da igualdade: a importância das políticas públicas frente ao racismo e seus desdobramentos discriminatórios,

Resumo: Falar em ações afirmativas na atual conjuntura política e organizacional do Brasil pode gerar certo desconforto em algumas pessoas e satisfação para outras. Numa época onde parece não haver limites para pleitos variados por parte da sociedade, somado ao fato de que os acontecimentos sociais exigem com cada vez mais urgentes posicionamentos do Poder Público, será explicada a correlação existente entre tais ações e o princípio da igualdade, frente a questões de cunho discriminatório e racista.

Palavras-chave: Ações afirmativas, princípio da igualdade, racista.

 

SOUZA, Izanete Marques
APRENDIZAGENS RESULTANTES DO PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DO NEABI

Resumo: Este artigo tem como objetivo discutir as aprendizagens resultantes dos processos de implementação dos Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas - NEABI numa linha de tempo que vai de 2011 a 2016, usando como metodologia a análise temática de conteúdo de questionários on-line, respondidos por coordenadores dos diversos campi. A análise qualitativa dos dados seguirá os princípios da etnopesquisa cujos resultados apontam para o reconhecimento do papel mediador dos NEABIs no sentido de promover ações de conscientização, de combate ao racismo e de coordenar a solução de conflitos culturais dentro da própria instituição e em instituições parceiras de modo que os NEABI, NEAB e demais grupos correlatos têm exercido um papel de fomentador, provocador e proponente de ações de pesquisa e extensão no campo da etnicidade, nas instituições de ensino superior. Por outro lado, a partir dos últimos oito anos, com a criação dos institutos federais de educação, estes núcleos têm exercido um papel educativo fundamental junto aos professores e estudantes da educação básica (tanto técnica quanto convencional).

Palavras-chave: NEABI, Antirracismo, Educação.